ELE RESSUSCITOU Romanos 4.25

Igreja O Brasil para Cristo

Mandaqui

Bem-Vindo!"Amando Deus e pessoas"
Joel Stevanatto, pastor

Cultos: 4ᵃˢ feiras • 14h30 | 5ᵃˢ feiras • 20h | Domingos • 10h • 19h
Devocional: Segunda a Sexta das 8h às 8h30

AGENDA

Ver Agenda Completa

MINISTRAÇÕES

Ver Mais Ministrações
Pr. Joel Stevanatto

Palavra Pastoral

Pr. Joel Stevanatto

Contracultura!

Lucas 4.1-13

Prática de vida: Memorize versículos bíblicos, pois isso vai lhe ajudar a tomar decisões certas quando tentado a fazer coisas que contrariam a vontade de Deus.

 

Texto base: As pessoas caminham com tranquilidade na prática deliberada do pecado, satisfazendo suas paixões com a maior naturalidade e sem nenhum temor quanto à um eventual julgamento divino. Não temem consequências éticas ou morais aos seus atos, pois estão completamente presas às suas paixões, as quais impulsionam suas ações! O pecado nasce das paixões desenfreadas e tem como cenário para sua efetivação as diversas situações da vida – chamadas por muitos de oportunidades. Outro nome para essas oportunidades de pecar é tentação. A tentação em si, não é pecado, pois o próprio Filho de Deus, em carne, foi tentado e nunca pecou! Isso sinaliza que mesmo havendo situações propícias para o pecado, ele não precisa ser necessariamente praticado. Aliás, na verdade, pecamos porque queremos pecar e não somos forçados a isso, salvo os escravos do pecado, mas que assim se tornaram porque usaram da anterior liberdade para escolher o pecado. Jesus não pecou por dois motivos: Era Cheio do Espírito Santo e era dirigido pelo Espírito Santo, e ser cheio e dirigido pelo Espírito de Deus é um imperativo da vida cristã autêntica. A Bíblia ordena uma vida cheia do Espírito e nada do que Deus manda é pesado (os seus mandamentos não são pesados). Portanto, as pessoas pecam porque não se enchem do Espírito Santo e não se deixam por Ele serem dirigidas!

Ver Mais

TESTEMUNHOS

Janeiro 2019
Restauração

Renovação no Amor e na Alegria no Senhor

Lucilea Oleriano Lucilea Oleriano 8 de janeiro

A paz do Senhor pastor Joel e Igreja.

Meu nome é Lucileia e tenho vivido um período de abatimento e tristeza.
Comecei a Campanha pedindo ao Senhor que eu seja renovada no Amor e na Alegria do Senhor, pois não conseguia ler a Bíblia e nem orar.
Ontem, no clamor da noite, senti Deus renovando minha vida, a alegria do Senhor invadiu novamente minha vida, a alegria da presença dEle, alegria de ler a Bíblia, de orar, de buscar Sua presença.
Agradeço a todos que estiveram comigo nessa batalha. A vitória é minha e a vitória é de vocês (GEMES Betel – Ministério Torre de Intercessão).

A Deus tora honra e toda glória.
Lucileia.

Crescimento em Deus

Restituição no Trabalho

Neide dos Santos Neide dos Santos 6 de janeiro

São Paulo, 6 de Janeiro de 2019

Pastor Joel eu preciso te falar como Deus o usa sobre a vida da igreja e falo em particular sobre a minha vida.
O senhor está lembrado quando me deu um pisão no é e eu fui curada das feridas em meus pés.
O senhor fez um culto a uns domingos atrás, sobre profetizarmos sobre aquilo que nós queríamos, o senhor falou “creia, profetiza”.
Eu estava tentando comprar uma barraca de R$37.000,00, a comprei por apenas R$27.000,00, o senhor iniciou o jejum pela restituição. Perdi o carro em 2016, um caminhão de um feirante passou por cima dele, aqui mesmo na Avenida Ultramarino. Perdi uma séries de objetos por conta de uma chuva que deu e inundou a minha garagem.
O que Deus fez, Ele me deu a barraca de Armarinho de 6m² e3 comprimento, lotada de mercadoria, deu também a perua Kombi semi-nova, pois o feirante estava indo embora para a Bahia.
Nestes três dias de campanha e jejum o Senhor fez na minha vida, o que não consegui em vinte anos trabalho.
Obrigada pastor por ser usado por Deus em suas pregações.
Tudo o que o senhor me deu é com pagamento a perda de vista.

Neide dos Santos.

 

Conheça nossos Grupos de Evangelismo e Maturidade Espiritual, acompanhe nosso devocional diário, e encontre um GEMES próximo a você!

Saiba Mais

Qual a sua contribuição?

  • Oferta
  • Dízimo
"Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa..."

- Malaquias 3.10

Segure e arraste para trocar o cartaz.